Noticias Juridicas

Tribunal de Justiça participa da 12ª Primavera dos Museus

Atividades culturais ocorreram no final de semana.         Centenas de pessoas visitaram o Tribunal de Justiça neste final de semana para a 12ª edição da Primavera dos Museus. Participaram da programação dois prédios do Tribunal: o Palácio da Justiça, edifício histórico, sede da Corte paulista; e o Palacete Conde de Sarzedas, que abriga o Museu do TJSP. Com o tema “Celebrando a Educação em Museus”, o evento promovido em todo o País pelo Instituto Brasileiro de Museus buscou despertar o interesse do público para diferentes áreas do conhecimento, a importância das memórias e do valor do patrimônio cultural dos museus.         O Palácio da Justiça recebeu 680 pessoas durante os dois dias de atividades. Foram realizadas seis visitas monitoradas, em que os participantes puderam conhecer um pouco da história da Justiça paulista e da arquitetura do edifício, idealizada pelo arquiteto Ramos de Azevedo e tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (Condephaat).         O público também teve a oportunidade de visitar a exposição “Memórias Notariais: série de documentos históricos”, que reconta a história de lugares e personalidades paulistas por meio das escrituras públicas arquivadas nos cartórios. A mostra está em cartaz no Salão dos Passos Perdidos, entrada principal do Palácio, e é uma realização em conjunto com o Colégio Notarial do Brasil – Seção São Paulo (CNB/SP).         Já no Palacete Conde de Sarzedas, 510 pessoas conferiram as atividades. Além das visitas monitoradas, o público pôde conhecer o acervo permanente do Museu do Tribunal de Justiça, composto de objetos, móveis, processos e outros documentos de interesse histórico, vestimentas, quadros e bens arquitetônicos.  A programação ainda teve as intervenções musicais do guitarrista Aldo Scaglione e, no domingo, a participação especial do juiz assessor da Corregedoria Geral da Justiça Iberê de Castro Dias, no contrabaixo, com um repertório que incluiu Cantaloupe Island, de Herbie Hancock, The Chicken, de Jaco Pastorius, All Blues, de Miles Davis, Corcovado e Wave, de Tom Jobim.         Muitos alunos de Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) e de persas faculdades aproveitaram o último final de semana com monitoria em 2018. O coordenador do museu, Bruno Bettine de Almeida, lembrou que a instituição costuma abrir suas portas nos terceiros finais de semana dos meses de maio, agosto e setembro, para contemplar eventos como a Virada Cultural, a Semana dos Museus, a Jornada do Patrimônio e a Primavera dos Museus. “Essas ações já fazem parte do calendário acadêmico de inúmeras faculdades de Direito e os professores coordenadores dos Núcleos de Prática Jurídica já aguardam essas ocasiões para trazerem seus alunos”, disse.         A Primavera dos Museus é uma temporada cultural que acontece todo ano no início da estação homônima. Em 2018, contou com a participação de 900 instituições de todo o País, totalizando quase três mil eventos.         Mais fotos no Flickr.                  imprensatj@tjsp.jus.br
24/09/2018 (00:00)
Rua José Alexandre Buiaz  , 300  , Ed. Work Center, Sala 902
-  Enseada do Sua
 -  Vitória / ES
-  CEP: 29050-545
+55 (27) 3222-5354+55 (27) 988773545
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia