Secretário da Justiça e Cidadania se reúne com juízes do Fórum do Brás

Foram abordados temas relacionados à infância e juventude.     O secretário de Estado da Justiça e Cidadania e ex-presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, desembargador Paulo Dimas Debellis Mascaretti, visitou as dependências do Fórum do Brás, na manhã desta quarta-feira (13), ocasião em que conversou com magistrados sobre projetos e ações que envolvam crianças e adolescentes. O Fórum abriga seis Varas Especiais da Infância e da Juventude, além do Departamento de Execuções da Infância e da Juventude (Deij).     Acompanhado por magistrados, o secretário percorreu as dependências do fórum, que passa por reformas, e cumprimentou servidores. Na sequência, reuniu-se com juízes e, entre outros assuntos, falou sobre os novos desafios enfrentados à frente da Secretaria, citou atividades direcionadas a jovens em conflito com a lei e crianças e adolescentes em situação de violência, destacou o trabalho desenvolvido pela Fundação Casa (Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente), campanhas preventivas e programas de governo.     Os juízes apresentaram propostas a Paulo Dimas, sugeriram novas práticas, debateram leis, discutiram formas de agilizar trâmites processuais, falaram sobre projetos-pilotos desenvolvidos pelo Tribunal e abordaram desafios do dia a dia. Ao final, o secretário falou da importância deste momento “para defender questões relativas à Infância e Juventude, implementando mudanças que gerem impactos positivos na sociedade”.     Na despedida, o juiz diretor do fórum, Raul Khairallah de Oliveira e Silva, congratulou o desembargador pelos trabalhos desenvolvidos ao longo da carreira. “Gostaria de parabenizá-lo pelo excelente trabalho e pela sua trajetória: foi presidente da Associação Paulista de Magistrados (Apamagis), desembargador, presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo e agora secretário de Justiça, uma carreira invejável. Desejamos muito sucesso na nova etapa da sua vida, falo em nome de todos aqui, estamos na torcida”, disse o magistrado.     Também estiveram presentes o coordenador da Infância e Juventude do TJSP, desembargador Eduardo Cortez de Freitas Gouvêa, os juízes Ana Paula de Queiroz Aranha, Airtom Marquezini Junior, Cindy Covre Rontani Fonseca, João Luis Calabrese, Luciana Antunes Ribeiro Crocomo, Márcia Helena Bosch, Mauricio Jose Caliguere e Rodrigo Marzola Colombini; e o chefe de gabinete da Secretaria, Fábio Makoto Tagliaferro Yokoyama.          imprensatj@tjsp.jus.br
13/02/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia