Noticias Juridicas

Pena pecuniária: Justiça gaúcha financia drones e reforma de prisão

A Vara de Execução Criminal (VEC) da Comarca de Taquari definiu as entidades contempladas com as verbas depositadas em pagamento a penas alternativas de prestação pecuniária ou transação penal. De um total de meio milhão de reais disponíveis, R$ 375.570,61 foram destinados à consecução de cinco projetos nas áreas da segurança e da assistência social. Um dos beneficiados é a Penitenciária Estadual de Venâncio Aires (PEVA). O julgamento do edital que disponibilizou a verba foi realizado na sexta-feira, dia 30/11, pelo Juiz de Direito Leonardo Bofill Vanoni. Outros projetos não foram aprovados.O magistrado explicou que o repasse à PEVA funciona como contrapartida a partir do acordo que prevê a ida dos presos provisórios e definitivos da Comarca de Taquari para V. Aires, por força de limitações na Penitenciária de Montenegro. Com a alteração, desde o ano passado, o índice de apresentação de presos em audiências tem sido de 100%.A relação das entidades e projetos:PEVA - R$ 46.077,42 (para dois projetos de reforma no local)Instituto-Geral de Perícias de Taquari - R$ 57.664,86 (para aquisição de EPI, drones e celulares)Grupo de Apoio à Polícia (GAP) de Taquari - R$ 128.674,87 (dois projetos: um de reforma do prédio da DP, e outro para a construção de prédio da BM)Associação Beneficente Pella Bethânia - R$ 74.097,50 (aquisição de veículo para o transporte de pessoas idosas e com deficiência)Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) - R$ 69.055,96 (reforma do prédio
05/12/2018 (00:00)
Rua José Alexandre Buiaz  , 300  , Ed. Work Center, Sala 902
-  Enseada do Sua
 -  Vitória / ES
-  CEP: 29050-545
+55 (27) 3222-5354+55 (27) 988773545
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia