Corregedoria do CNJ inicia dia 18 inspeção na Justiça do Espírito Santo

A Corregedoria Nacional de Justiça retoma, na próxima segunda-feira (18/2), os trabalhos de inspeção ordinária nos tribunais de Justiça do país, seguindo o calendário pulgado no início da gestão do corregedor do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Humberto Martins. A próxima corte a passar pelo procedimento de fiscalização é o Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES). A inspeção consta da Portaria nº 1 da Corregedoria Nacional de Justiça, de 15 de janeiro de 2019. Até o dia 22 de fevereiro serão fiscalizados os setores administrativos e judiciais da Justiça comum estadual de segundo grau de jurisdição do TJES e serventias extrajudiciais do Espírito Santo. Leia mais: Corregedor Nacional de Justiça pulga cronograma de inspeções Compõem a equipe da Corregedoria: a conselheira do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) a desembargadora federal Daldice Santana; os juízes federais Marcio Luiz Coelho de Freitas e Miguel Ângelo Alvarenga Lopes, ambos do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (DF), a juíza federal Kelly Cristina Oliveira Costa, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (RJ); o juiz de Direito Luiz Augusto Barrichello Neto, do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, além de cinco servidores. Atendimento ao público No dia 20 de fevereiro, a partir das 14h, o corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, fará atendimento ao público, em sala localizada no primeiro andar do edifício sede do TJES. Na oportunidade, os cidadãos capixabas poderão fazer reclamações, solicitar informações ou sugerir melhorias para o serviço jurisdicional no estado. Nos cinco meses de gestão de Humberto Martins, na Corregedoria Nacional de Justiça, já foram inspecionados os tribunais de Justiça de Sergipe, Piauí, Amapá, Distrito Federal e Rio Grande do Norte. Corregedoria Nacional de Justiça
13/02/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia